São Lourenço da Mata - Prefeitura Municipal
Página Inicial » Assistência Social » Semana contra a exploração infantil é concluída, mas combate ao abuso continua o ano todo

Semana contra a exploração infantil é concluída, mas combate ao abuso continua o ano todo

Em: Assistência Social - Data: 18 de maio de 2018

Por Wagner Souza

Fotos: Victor Patrício

A Prefeitura de São Lourenço da Mata concluiu, nesta sexta-feira (18), a programação da Semana de Mobilização de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em 2018, mas as ações contra a violência infantil continuam o ano todo, nos  Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CRAS) ou Conselho Tutelar do município. Após uma série de atividades que incluiu sessões de cinema, rodas de diálogos e um fórum municipal, a Secretaria Municipal de Assistência Social finalizou a programação com uma caminhada pelo Centro do município, com distribuição de panfletos e adesivagem.

De acordo com a secretária de Assistência Social, Kely Morgana, o objetivo da caminhada foi conscientizar a população de que é importante denunciar crimes contras crianças e adolescentes. “Assim como nas outras atividades, queremos mobilizar e sensibilizar as pessoas sobre um problema muito presente em nossa sociedade e que, muitas vezes, acaba sendo ignorado. O abuso e a exploração sexual infantil devem ser combatidos por todos, mas para isso é necessária uma união entre todas partes: poder público e a população”, destaca a secretária.

Servidores da prefeitura e moradores caminharam pela Avenida Dr. Francisco Correia passando a mensagem de conscientização para a população. Para a doméstica Cármen Araújo, 59 anos, a iniciativa é muito necessária em uma sociedade tão cruel. “Precisamos cuidar mais das nossas crianças e é muito bom ver ações como essa, em que buscam combater uma violência tão perversa”, comenta Cármen, que estava passando pela avenida durante a ação.

 

 

Dia de combate à violência infantil

A partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000, o dia 18 de maio ficou instituído como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Trata-se do dia que, em 1973, Araceli Cabrera Crespo, uma menina de 8 anos, foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espirito Santo. Seu corpo apareceu seis dias depois desfigurado. Os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos. O Caso Araceli, como ficou conhecido, ocorreu há 45 anos, mas situações absurdas como essa ainda se repetem nos dias de hoje.

Prefeitura Online
Prefeitura Online
Questões, dúvidas, problemas? Estamos aqui para ajudá-lo!
Connecting...
Não estamos disponível no momento. Por favor, tente novamente mais tarde.
Estamos ocupado no momento. Por favor, tente novamente mais tarde
Você tem uma pergunta? Escreva para nós!
:
:
Esta sessão de bate-papo terminou