Assistência Social - Data: 9 de abril de 2020

Prefeitura de São Lourenço da Mata amplia número de pessoas cadastradas no Bolsa Família

Página Inicial » Assistência Social » Prefeitura de São Lourenço da Mata amplia número de pessoas cadastradas no Bolsa Família

Para garantir atender famílias que se encontram em situação de pobreza ou extrema pobreza, principalmente neste período de crise econômica, a Prefeitura de São Lourenço da Mata ampliou o número de pessoas cadastradas no “Bolsa Família”. O trabalho de cadastramento foi realizado antes do período de isolamento social, causado pelo coronavírus, e resultou na inclusão de 1.941 pessoas na lista de beneficiários do programa de renda direta do governo federal. Até março, o município tinha um pouco mais de 11 mil famílias beneficiárias, agora, o número ultrapassa os 13 mil.

De acordo com a secretária de Assistência Social, Kely Morgana, o governo federal está estudando como as novas famílias beneficiárias no programa de renda terão acesso ao cartão, com o qual é sacado o dinheiro do programa em lotéricas ou agências bancárias. “Em 2019, São Lourenço da Mata tinha uma média de 12 mil famílias beneficiadas, porém, com os cortes do governo federal, este número caiu. Por isso, este aumento agora é um avanço. E nós da gestão, em especial o prefeito Bruno Pereira, estamos muito felizes com o resultado, pois sabemos como é difícil ter uma divisão de renda no nosso país, mas a entrada de novas pessoas em programas sociais, como o Bolsa Família, é de se comemorar”, ressaltou a secretária.

Ainda segundo Kely, o cadastramento não garante o recebimento do benefício. “Atualmente nossa cidade possui mais de 22 mil famílias registradas no Cadastro Único Federal (CadÚnico), base de dados onde ficam registradas as informações socioeconômicas de famílias de baixa renda, que são as pessoas com renda mensal de até meio salário mínimo per capita (por pessoa). Graças ao nosso trabalho ativo, novas famílias foram incluídas na lista de beneficiários, e estão asseguradas com o recebimento de uma renda mínima; o que também ajudou a diminuir a fila de espera”, explicou a secretária.

Jéssica Santos, uma das beneficiárias do programa, diz que o valor é um auxílio no cotidiano. “Recebo o Bolsa Família há um ano e dois meses, e o valor me ajuda muito, pois no momento estou desempregada e tenho duas filhas para criar. Com o que recebo posso fazer minha feira e pagar minhas contas de casa”, disse a moradora.

O cadastramento é realizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social, de maneira descentralizada nos CRAS da cidade e no Centro Social Urbano (CSU), que fica no Centro. Porém neste período de quarentena, o atendimento presencial é feito, das 8h às 12h, de segunda a quinta-feira, apenas para os casos de urgência, como bloqueio do benefício. Os demais atendimentos e dúvidas podem ser tirados on-line, pelos e-mails: assistencia.slmpe@gmail.com e cadastrounicoslm@outlook.com.

Prefeitura Online
Prefeitura Online
Questões, dúvidas, problemas? Estamos aqui para ajudá-lo!
Connecting...
Não estamos disponível no momento. Por favor, tente novamente mais tarde.
Estamos ocupado no momento. Por favor, tente novamente mais tarde
Você tem uma pergunta? Escreva para nós!
:
:
Esta sessão de bate-papo terminou