Saúde - Data: 10 de junho de 2020

Mais saúde: Prefeitura finaliza ação de vacinação e conscientização em residenciais do município

Página Inicial » Saúde » Mais saúde: Prefeitura finaliza ação de vacinação e conscientização em residenciais do município

Para levar saúde para toda população são-lourencense, a Prefeitura de São Lourenço da Mata, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, encerrou na manhã desta quarta-feira (10), as ações de conscientização para prevenção e combate ao novo coronavírus (Covid-19), nos condomínios residenciais da cidade. A iniciativa contemplou 14 residenciais, levando informações sobre a importância do uso de máscaras; do distanciamento social; além de vacinação contra a gripe (Influenza), medição da temperatura corporal dos condôminos, distribuição de máscaras reutilizáveis e cartilhas informativas.

Segundo a secretária de Saúde do município, Gislaine Calado, a ação também garantiu mais comodidade e segurança aos condôminos. “Conseguimos conscientizar e orientar os moradores desses habitacionais de forma participativa, chamando a atenção para prevenção contra a Covid-19, por meio de informativos, exemplos de higienização das mãos; além da realização de busca ativa por pacientes sintomáticos. Está é apenas mais uma etapa concluída, mas seguiremos com a busca por infectados e vamos manter essa relação de proximidade com a população, até conseguirmos diminuir a curva do vírus na cidade”, pontuou a secretária.

Para a moradora do Residencial Paraíso Encantado, Maria Auxiliadora, a iniciativa da Prefeitura mostrou os cuidados da gestão com os moradores. “Eu achei a ação ótima! Fazia tempo que eu queria tomar a vacina, porém, tinha medo de sair de casa. Uma campanha como essa é sempre bom ter em nosso município, eu adorei. Ajudou muito todos os moradores, por não precisarmos se locomover até um posto de saúde, neste período de isolamento social, principalmente da minha parte, pois sou muito medrosa. Quando soube que iria ter essa ação, eu me organizei e corri para procurar meu cartão de vacina”, comentou a moradora.